Matização e Tonalização do Cabelo

A Matização e Tonalização do Cabelo são muito importantes na hora de criar um loiro platinado, loiro perola ou qualquer tipo de loiro, além de seu uso na hora de fazer mechas. Mas porque é tão importante? É porque muitas pessoas misturam os conceitos de matização e tonalização do cabelo.

cabelos-lindos-de-cinema

Karina Bacchi vai contar para você qual é o segredo dela para ter cabelos de cinema.

O que é Matização

Para facilitar o seu entendimento em uma linguagem bem simples, entende-se por Matização a técnica utilizada para devolver o pigmento do cabelo, ou seja, quando você faz uma remoção de pigmento é preciso matizar o cabelo e repor esse pigmento que foi retirado. O pigmento do cabelo é removido de várias formas, por exemplo: você pode remover o pigmento através de uma limpeza com uma shampoozada ou shampoo americano. Ao fazer mechas você também está retirando a pigmentação, por exemplo: seu cabelo está no número 4 e você quer descolorir até chegar no número 8. Desta forma, você vai remover o pigmento do 4 até chegar ao tom desejado que é o 8. Esse cabelo vai se revelar com um fundo amarelo ou amarelo laranja. Quando isso acontecer você vai precisar matizar o cabelo.

O que é Tonalizante

Antes de dar prosseguimento a técnica de Matização e Tonalização do Cabelo, é importante que você saiba o que é tonalização. A tonalização é a prática de colorir o cabelo com uma coloração sem amônia que não vai agredir e nem danificar o cabelos ou vai agredir menos que a coloração que contém amônia. A aplicação do tonalizante pode ser feita para realçar a cor do cabelo, pode ser após uma descoloração e pode ser também quando você faz uma limpeza de cor. Então, quando se aplica um tonalizante pode-se considerar que estamos matizando um cabelo? A resposta é sim porque estamos devolvendo a pigmentação do cabelo através do tonalizante.

Dica: O tonalizante só é usado com emulsão de OX de 10 volumes porque não contém amônia. Quando você usa o tonalizante, não corre o risco de abrir o fundo do cabelo.

A matização e tonalização do cabelo é um procedimento comum quando se faz mechas no papel ou na touca. Se for usar a tonalização não existe o risco do fundo abrir um, dois ou meio tom porque o tonalizante não vai clarear, mas sim devolver o pigmento perdido na descoloração. Ao contrário da coloração que, quando utilizada, corre-se o risco de abrir meio tom se o fundo for natural, mas se já tiver coloração no fundo, aí não tem problema porque coloração não clareia coloração. Ou o cabelo fica no mesmo ou escurece.

Como exemplo vamos citar um cabelo que foi colorido com o número 5 e foram feitas mechas com o número 9. Para matizar esse cabelo será utilizada uma coloração 9 ou 11. Nesse caso não existe o risco de clarear o cabelo que está no fundo porque o cabelo já tem coloração. Por outro lado, se esse fundo for natural tem que tomar muito cuidado para não abrir esse fundo de cabelo em até dois tons dependendo do grau da coloração que você estiver usando.

Outra coisa importante que quero mencionar é que você não pode usar a coloração ou tonalização antes do pó. Muitas pessoas usam máscara matizadora no pó. Ao fazer isso, o efeito do pó tem uma queda na eficiência devido a sua fabricação que é para ser utilizado com OX proporcional a ele. Ao adicionar qualquer produto além da OX , o pó irá perder parte de suas propriedades e, em vez de potencializar, irá inibir o resultado que pode não ser o desejado e você que descolorir novamente. Esse processo de várias descolorações vai danificar mais o cabelo.

 

Salvar